No meio do caminho havia uma bola…

Já imaginou chutar uma bola de futebol que pesa mais de 1kg? E o pior, chutá-la sem saber que não é uma bola convencional? Assista:

– –

A evolução da Gorduchinha
(Revista Galileu)

Começo do século 20

A bola de couro curtido tinha uma grande costura no meio, prejudicando a precisão dos chutes.

Anos 40

Novas técnicas eliminam a costura e impedem que a bola se deforme com o uso, o que era muito comum.

Anos 60 e 70

As bolas ganham impermeabilização e não ficam mais pesadas em dias de chuva. A Fifa libera a cor branca.

Anos 80

A bola Tango, lançada na Copa de 1978, ganha o mundo. Surgem os materiais sintéticos, que dão mais durabilidade.

Copa de 2002

Chega a Fevernova. Uma camada sintética com microbolhas de gás aumenta a devolução de energia nos chutes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: