Arquivo para julho, 2009

Um ídolo crucificado?

Posted in Esportes on julho 30, 2009 by Henrique André

…ser crucificado aos 33 anos virou moda?
Juan Pablo Sorin, um dos maiores ídolos da história do Cruzeiro, essa semana reuniu a imprensa para informar a sua aposentadoria. Ciente das suas limitações,após recuperar-se de lesão, Sorin se mostrou bastante magoado por não ter sido aproveitado na final da Taça Libertadores da América.

sorin
– –

O torcedor cruzeirense ainda parece não acreditar que a carreira de um dos seus maiores ídolos acabou de maneira tão precoce. Sorin – que defendeu clubes como River Plate, Villa Real, Barcelona, Juventus, Lazio – é torcedor declarado do Argentinos Juniors – ARG, clube que o revelou para o futebol, mas já disse várias vezes que hoje, em suas vêias, corre o sangue azul celeste. Como mostra essa carta feita pelo jogador ao torcedor cruzeirense: Veja

Herói do título da Taça Sul-Minas de 2002, Sorin ficou marcado na memória do torcedor e se não voltar atrás em sua decisão, com certeza será convidado para ocupar um outro cargo dentro do clube.

O jogador se mostrou bastante magoado com a comissão técnica, principalmente com o técnico Adilson Batista, por não ter participado da final da Libertadores contra o Estudiantes e também do clássico contra o Atlético.

”A decisão não tem a ver com cabeça quente. Venho pensando em parar há um tempo, desde a lesão que tive antes do jogo com Universidad de Chile. Vim para ganhar a Libertadores, mas jogando. E depois daquele jogo fiquei muito chateado. Prometi lutar até o fim. Voltei, machuquei de novo contra o Palmeiras. Batalhei muito, trabalhei muito e cheguei bem para o clássico, para a final da Libertadores. Mas não tive espaço”, disse.

* Adilson Batista explica porque não relacionou Sorin para a final da Libertadores: Leia

* Confira os números de Sorin pelo Cruzeiro: Clique Aqui

* Veja Sorin no meio da torcida cruzeirense: Clique Aqui

* Presidente Perrela, estuda jogo com portões abertos para despedida do ídolo argentino: Leia

Até que ponto vale a pena correr o risco?

Posted in Esportes on julho 28, 2009 by Henrique André

Carros que já chegaram a atingir cerca de 280 km/h; pessoas que se combatem até que o adversário perca a consciência ou fique debilitado o suficiente para não conseguir mais lutar; jovens que se arriscam em manobras radicais; pessoas que desafiam a natureza e a sua força: Até onde vale a pena arriscar a própria vida e chamar isto de esporte?

Untitled-1
– –

Na fórmula 1 já morreram alguns pilotos, como: Ronnie Peterson, Patrick Depailler, Gilles Villeneuve, Riccardo Paletti, Elio de Angelis, Roland Ratzemberger,Ayrton Senna… VEJA A LISTA COMPLETA

Em outros esportes, em que o ser humano também coloca sua vida em risco, não é diferente. Mas uma questão não quer calar: pra quê? Vale a pena correr o risco de morte apenas para subir ao pódio, para ganhar uma medalha ou para ser o melhor “naquilo”?

A adrenalina e a proximidade com o perigo estimulam muitos atletas a praticarem certos esportes, mas quando nos deparamos com os acidentes fatais, percebemos que por mais emocionante e arriscado que seja o esporte, a culpa dessas pessoas acaba ficando para segundo plano e acaba recaindo sobre a falta de proteção ou a falha dos equipamentos de segurança. Não estaria a falha na responsabilidade ou no rumo que as vítimas escolheram para suas vidas?

… é, realmente, um caso a se pensar com mais carinho.

* Assista à alguns vídeos:

Reportagem sobre acidentes na Fórmula-1
Um vídeo sobre combates de Vale Tudo
Acidente na mega-rampa nos X-Games
Você conhece o caiaque extremo?

Imagem (“massa”) do dia.

Posted in Imagem do dia on julho 27, 2009 by Henrique André

… Força campeão!
Felipe Massa não precisou de nenhum título mundial para conquistar os  brasileiros e para fazer – novamente –  da F-1, o programa preferido aos domingos demanhã. Valente, guerreiro e ousado, o piloto deu à modalidade a graça que havia sido perdida em 1994, quando o mundo perdeu o maior piloto da história: Ayrton Senna.

massa

– –

Um grande susto para os fãs da Fórmula 1, principalmente para os brasileiros, no último sábado: Massa sofreu um grave acidente durante um treino para o GP da  Hungria. O piloto passou a noite em coma induzido, num hospital em Budapeste,  e a previsão dos médicos é que ele se recupere em alguns meses.

Registros na F1:

Time(s): Sauber, Ferrari
GPs disputados: 115 (114 largadas)
Vitórias:11
Pódios:28
Pontos: 320
Pole positions:15
Voltas mais rápidas:12
Primeiro GP: Grande Prêmio da Austrália de 2002
Primeira vitória :Grande Prêmio da Turquia de 2006
Última vitória: Grande Prêmio do Brasil de 2008
Último GP: Grande Prêmio da Alemanha de 2009

* Acompanhe o drama vivido por Felipe Massa e as últimas notícias:

O Acidente

A recuperação

* Assista a entrevista concedida por Felipe massa após a vitória no GP do Brasil em 2008: Clique Aqui

Imagem (aracnídea) do dia…

Posted in Imagem do dia on julho 24, 2009 by Henrique André

… Vai de têia menino!
O goleiro Aranha chegou ao Atlético-MG no mês de maio, após ser um dos melhores goleiros do Campeonato Paulista, fez seu primeiro treino e no dia seguinte já estava escalado como titular do gol alvinegro.

aranha
– –
Ontem, na partida contra o Fluminense, Aranha fez excelentes defesas e foi eleito – pela imprensa, pelos companheiros de equipe e até pelos adversários – o melhor jogador em campo na vitória que colocou o Atlético na liderança do Campeonato Brasileiro. LEIA MAIS

Ficha do atleta:

Nome: Mario Lúcio Duarte Costa
Apelido: Aranha
Posição: Goleiro
Naturalidade: Pouso Alegre (MG)
Data de nascimento: 17/11/1980
Idade: 28 anos
Altura: 1,91 m
Peso: 89 kg
Carreira: Ponte Preta-SP
Título: Campeonato Paulista do Interior 2009
Feito: melhor goleiro do Campeonato Paulista 2008


* Assista uma entrevista coletiva do goleiro: Clique Aqui

* Assista algumas defesas do goleiro Aranha: Clique Aqui

* Relembre a notícia da contratação do goleiro: Clique Aqui

* Sabia que o goleiro Fábio, um dos melhores da atualidade, já foi chamado de frangueiro? LEIA

Os filhos da “velha terrinha”…

Posted in Esportes on julho 23, 2009 by Henrique André

Você já reparou o tanto que alguns técnicos e jogadores de futebol reclamam das condições do gramado – na maioria das vezes quando perdem – sendo que muitos deles se projetaram para o futebol jogando em campos de terra e brita?

terra
– –

É curioso ouvir declarações de jogadores como:”- A grama tá muito alta”, ou “- O gramado não oferece condições para um bom toque de bola” e a mais comum: “- o gramado está muito irregular”. Muitos destes atletas que reclamam das condições do gramado, começaram suas carreiras jogando futebol descalços na rua, ou com aquela chuteira com a trava “comida” no campinho de terra e brita da comunidade.
– – – – – –
Em Belo Horizonte, existe há mais de 40 anos, a escolhinha do Santa Tereza, e por ela passaram vários atletas que se profissionalizaram e chegaram ao milionário mundo da bola, dentre os quais podemos citar: Evanilson (América-MG, Atlético-MG, Cruzeiro, Borússia Dortmund), Palhinha (América-MG, Cruzeiro, São Paulo, Grêmio), Ronaldo Luiz (América-MG, São Paulo), Alex Mineiro (América-MG, Atlético-MG, Cruzeiro, Atlético-PR, Grêmio, Palmeiras), Irênio (América-MG, Atlético-PR, América-MEX) dentre outros.

O zagueiro atleticano Welton Felipe se destacou em um tradicional time de várzea de Belo Horizonte, o Pompéia. Craques como Zinedine Zidane também começaram em pisos nada regulares, e ganharam projeção mundial.

Em São Paulo, o Corinthians tem um campinho de terra que sempre foi usado para testes com garotos, as chamadas peneiras. Do Terrão do Parque São Jorge nasceram jogadores como Viola, Paulo Sérgio, Marcelo Djian, Ronaldo, Betão, Cris, Dinei, Rosinei, Rubinho, Ewerthon, Gil, Marcelinho Paulista, Zé Elias, Edu, Anderson, Jô, Silvinho, Marques, Kléber, Fernando Baiano, entre outros.

Tanta reclamação seria causada pela fama? Pelo Comodismo? Ainda não tenho uma resposta, mas confesso que não desisti de encontrá-la.


Clique nos links e leia mais:

Dorival Júnior reclama do gramado
Inter reclama do gramado
Autuori reclama do gramado
Luxemburgo reclama do gramado

* Matéria sobre o fim do Terrão do Parque São Jorge: LEIA

* Conheça o Torneio Corujão – de times de várzea – disputado em Belo Horizonte: Clique Aqui

* Leia uma matéria com o Professor Fernando, que treinou grandes jogadores na escolinha do Santa Tereza: Clique Aqui

A polêmica do telão do Mineirão…

Posted in ** Meu Portfolio on julho 22, 2009 by Henrique André

Durante essa semana, o responsável pela exibição das imagens do telão do Mineirão, Dirceu Neto, foi exonerado do cargo por exibir os gols da equipe do Estudiantes na partida do Atlético contra o São Paulo. Saiba mais detalhes do caso:

telao copy
– –
O presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela, ao ficar sabendo do episódio entrou em contato com a presidência da Ademg e pediu que providências fossem tomadas imediatamente. O coordenador do telão, Dirceu Neto, foi afastado do cargo até que os fatos sejam esclarecidos. A diretoria do Atlético se manifestou e assumiu a responsabilidade pela exibição das imagens, e o presidente Alexandre Kalil, disse que o funcionário da Ademg não sabia do conteúdo da fita que lhe foi entregue.

O programa esportes Pelo Ar, após ouvir a versão do Atlético, entrou em contato com o funcionário da Ademg:
Ouça a entrevista na íntegra – Clique Aqui

A diretoria do Cruzeiro não quis se pronunciar sobre o assunto.

* O programa Esportes Pelo Ar é apresentado de segunda à sexta, das 20 às 21 horas, no AM 800 ou pelo Site da rádio Inconfidência.

* Conheça o blog do programa Esportes Pelo Ar: Clique Aqui

Quanta semelhança hein?

Posted in Esportes on julho 21, 2009 by Henrique André

Um ex-ponta direita e um ex-zagueiro. Talvez, essa seja a diferença mais radical entre Renato Portaluppi e Adilson Batista.

Untitled-1

– –

– Renato Portaluppi, ou Renato Gaúcho, foi ídolo no Grêmio, onde conquistou a Taça Libertadores da América e fez o gol do título do Mundial Interclubes.

Adilson Batista também foi ídolo no Grêmio, e ficou marcado por ter sido o capitão da conquista da Taça Libertadores de 1995.

– Renato atuou nos dois clubes de Minas Gerais, Atlético e Cruzeiro, mas foi ídolo da torcida Cruzeirense, sendo campeão da Supercopa e do Campeonato Mineiro.

O mesmo aconteceu com Adilson Batista.

– Renato Gaúcho atuou em seis grandes clubes do país: Grêmio, Flamengo, Fluminense, Atlético Mineiro, Cruzeiro e Botafogo.

Adilson Batista também atuou em seis grandes clubes brasileiros: Atlético-PR, Cruzeiro, Internacional, Grêmio, Atlético-MG e Corinthians.

– Renato Gaúcho teve a oportunidade de ser o primeiro profissional a vencer a Taça Libertadores da América como jogador e como treinador, mas foi derrotado, dentro de casa, pela LDU, e ficou com o vice campeonato.

Adilson Batista teve – no ano seguinte – a mesma oportunidade, mas também foi derrotado dentro de casa pela equipe do Estudiantes, ficando com o vice campeonato.

* Leia a matéria “Novos professores do Futebol”: Clique Aqui